Clínica Espaço Animal comemora 23 anos

Há 23 anos, no dia 16 de outubro de 2000, era fundada a Clínica Espaço Animal. O médico veterinário Hermes Raupp, fundador e proprietário, conversou conosco no ano passado sobre a história da clínica até os dias atuais. Relembre alguns pontos.

Fundação

Conforme explicou, o profissional atuava em um hospital veterinário e em uma clínica, mas não estava satisfeito. Este foi o gatilho para empreender. Mesmo morando em Porto Alegre, optou por fundar seu negócio em Esteio por avaliar que não havia profissionais suficientes na cidade e por conta do valor do aluguel ser mais baixo em relação à capital.

Primeiros anos em um espaço menor

Até 2011, a Espaço Animal estava sediada em uma sala comercial pequena. Por lá, nos primeiros anos, como lembra Hermes Raupp, a empresa trabalhava com apenas dois fornecedores, que se revezavam nas entregas para a clínica conseguir honrar com os compromissos de todos.

Nova sede e desafios atuais

Com 11 anos, foi inaugurada a nova sede, na Avenida Dom Pedro, 678, onde está até hoje. No entanto, mesmo em um espaço mais amplo – que demonstra o seu crescimento ao longo destas mais de duas décadas – os desafios não param. O fundador cita alguns, como a grande quantidade de exigências legais e tributárias exigidas para continuar funcionando.

Agradecimento aos clientes e aos colaboradores

É importante lembrar, também, que nada seria alcançado não fosse a confiança dos clientes que sempre acompanharam a Espaço Animal e os colaboradores que ajudaram a construir a sólida reputação da clínica. “Hoje, o maior presente é a conquista dessa credibilidade junto a muitos clientes, alguns dos quais já se tornaram amigos, transformando as consultas em encontros”, lembrou.

22 anos da Espaço Animal: conheça a história da clínica

No dia 16 de outubro, a Clínica Espaço Animal comemora 22 anos de serviços prestados à comunidade de Esteio.

Conversamos com o fundador e proprietário da clínica, o médico veterinário Hermes Raupp, para saber como foi a fundação do empreendimento. Confira:

Hermes Raupp

De onde surgiu a ideia de fundar a clínica?

Eu trabalhava em um grande hospital veterinário que não estava efetuando os pagamentos em dia. Além desse trabalho, atuava em uma clínica que desenvolvia um serviço que não vinha ao encontro do que eu acreditava. Assim, depois de muitas sessões de terapia, aceitei o desafio de ter o meu próprio negócio, apesar de não ter nenhuma experiência com gestão, o que gerava insegurança. Na época, eu residia em Porto Alegre e a escolha por Esteio por duas razões: a primeira é porque havia uma carência profissional neste ramo na cidade, o que iria propiciar uma diferenciação num espaço-tempo mais curto e a segunda razão foi pelo fato de não ter recursos para bancar um aluguel na capital e em Esteio ser mais barato.

Como foi a fundação da clínica?

Foi na fé e na coragem. Sem pesquisa mercadológica. Só com força de vontade mesmo e acreditando em mim mesmo. Iniciamos na mesma avenida em que estamos alocado hoje, só que no número 633, onde hoje funciona um restaurante japonês. Na época, eu morava em um quarto da própria clínica e usava a mesma cozinha do empreendimento. Só havia dois fornecedores e os pedidos precisavam ser escalonados de modo que houvesse um intervalo entre os boletos, a fim de juntar pagamentos. O mesmo ocorria com os R$ 630,00 de aluguel que tinham que ser pagos até o dia 10 de cada mês. Ficamos no mesmo endereço por 11 anos, até que em 2011 mudamos para sede própria na mesma Avenida Dom Pedro só que no número 678, onde estamos até os dias atuais.

Quais são os principais desafios e alegrias nestes 22 anos?

Os desafios são inúmeros pois, embora muitas pessoas pensem que nós veterinários somos mercenários, elas não têm noção da quantidade de exigências legais e tributárias que nos são exigidas para continuarmos funcionando. Muitas dessas exigências são meras burocracias que só dificultam a manutenção do negócio. Com relação às alegrias, penso que a principal é ter sido oriundo de uma família simples e ter conquistado tudo que conquistei. Desde criança, sempre quis ser veterinário. Conseguir frequentar uma faculdade, me formar e fundar uma clínica, que era um sonho, e, hoje, após 22 anos, conseguir mantê-la aberta e bem estruturada, é uma grande alegria.

A quem agradecer ao longo dessa trajetória?

Tenho a agradecer a muitas pessoas. Primeiro à minha família que sempre me incentivou a seguir os meus sonhos. Gratidão também a todos os meus colegas e colaboradores que passaram pela clínica e que, de alguma forma, deixaram a sua contribuição e fazem parte dessa história. Além desses, agradeço a uma boa parcela da população esteiense que depositou confiança em nosso trabalho, trabalho esse que buscamos fazer da melhor forma com muita integridade e honestidade. Hoje, o maior presente é a conquista dessa credibilidade junto a muitos clientes, alguns dos quais já se tornaram amigos, transformando as consultas em encontros.